Mais alunos inscritos nos exames mas menos a assumir candidatura ao superior

Um total de 159 840 alunos estão inscritos na 1.ª fase de exames nacionais do ensino secundário, mais do que em 2018. Mas o número dos que confirmam a intenção de prosseguir para o ensino superior diminuiu

A 1.ª fase dos exames nacionais do ensino secundário, que decorre neste mês, conta com um total de 159 840 alunos, inscritos em 345 343 exames, revelou em comunicado o Ministério da Educação. Em relação ao ano passado há um ligeiro aumento nos inscritos, de 190 alunos. Por outro lado regista-se uma redução de 506 estudantes, para 87 259, entre aqueles que assumem a intenção de concorrer ao ensino superior.

Um número que poderá ter sido influenciado pelo anúncio feito em abril pelo ministro do Ensino Superior, Manuel Heitor, de que os estudantes que concluíram o secundário através dos cursos profissionais terão "uma terceira via" de acesso às universidades e politécnicos, para além do concursos nacional (no qual estas provas são obrigatórias) e os cursos técnicos superiores profissionais (TeSP).

Por cursos do secundário, a maior parte dos candidatos vem das Ciências e Tecnologias (43%), seguidas das Línguas e Humanidades (24%), Ciências Socioeconómicas (10%) e Artes Visuais (55). Mais nenhuma área representou acima de 1% dos inscritos.

Mais 15 mil mulheres

Nota ainda para a forte prevalência das mulheres (55%) sobre os homens entre os inscritos, uma tendência que se vem registando desde há vários anos. Em 2019, teremos 87 579 raparigas a realizarem exames, cerca de 15 mil a mais do que os rapazes.

Além do acesso ao superior, a principal intenção da esmagadora maioria dos alunos é naturalmente a aprovação final do secundário (mais de 80% inscritos em pelo menos um exame com esse fim), com a maior parte dos inscritos (77%) a realizarem também pelo menos um exame como internos. Há ainda cerca de 16% dos alunos que apenas realizam provas para melhoria de nota e 17% que participam exclusivamente com o objetivo de concorrer ao ensino superior.

Português é a prova com mais inscritos (77 033), seguindo-se Matemática A (47 829), Biologia e Geologia (46067) e Física e Química A (44 618).

Nas provas do 9.º ano estão inscritos 99 629 alunos, a esmagadora maioria dos quais alunos internos que pretendem concluir o 3.º ciclo. Neste nível de escolaridade a proporção entre homens e mulheres inscritos é bem mais equilibrada, ainda que já ligeiramente superior da parte delas.