Rocha com 70 quilos de ouro descoberta na Austrália

Estima-se que o valor do minério ascenda aos três milhões de dólares (mais de 2,6 milhões de euros)

Uma empresa canadiana dedicada à extração de minério encontrou no oeste da Austrália duas rochas de quartzo com grandes quantidades de ouro que juntas valem 10,7 milhões de dólares, o equivalente a 8,6 milhões de euros.

Segundo a empresa RNC Minerals, uma das pedras pesa 95 quilos e contém 70 de ouro, enquanto a outra pesa 63 quilos e tem 46 de ouro.

Só a rocha com 70 quilos de ouro vale três milhões de dólares isto é, mais de 2,6 milhões de euros.

De acordo com um comunicado da empresa, citado pela Business Insider ,a extração das duas pedras demorou cerca de uma semana, mas permitiu ter um retorno de 262 quilos de ouro "de alta qualidade", o que, segundo o CEO da empresa, Mark Selby, realça a importância da descoberta.

"Esta descoberta destaca o potencial de ouro de alta qualidade da mina de Beta Hunt", disse Selby.

A RNC é uma empresa de recursos minerais que possui vários ativos. Conta com um portefólio de propriedades de produção e exploração de níquel, cobalto e ouro.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Opinião

Os irados e o PAN

A TVI fez uma reportagem sobre um grupo de nome IRA, Intervenção e Resgate Animal. Retirados alguns erros na peça, como, por exemplo, tomar por sério um vídeo claramente satírico, mostra-se que estamos perante uma organização de justiceiros. Basta, aliás, ir à página deste grupo - que tem 136 000 seguidores - no Facebook para ter a confirmação inequívoca de que é um grupo de gente que despreza a lei e as instituições democráticas e que decidiu fazer aquilo que acha que é justiça pelas suas próprias mãos.

Premium

Margarida Balseiro Lopes

Falta (transparência) de financiamento na ciência

No início de 2018 foi apresentado em Portugal um relatório da OCDE sobre Ensino Superior e a Ciência. No diagnóstico feito à situação portuguesa conclui-se que é imperativa a necessidade de reformar e reorganizar a Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), de aumentar a sua capacidade de gestão estratégica e de afastar o risco de captura de financiamento por áreas ou grupos. Quase um ano depois, relativamente a estas medidas que se impunham, o governo nada fez.