Cabanas Velhas, ali mesmo ao pé de Lagos

Uma praia entre Lagos e Sagres com umas arribas lindíssimas e onde se podia estar à vontade em agosto.

Há uns bons anos decidi mudar o meu destino de eleição do Algarve. Passei de Tavira para Lagos, culpa de um amigo que me fez um preço especial e quase irrecusável para quem quer alugar qualquer coisa no Algarve em pleno mês de agosto. Uma casa de dimensões generosas bem no centro, a uns cinco minutos a pé da famosa Meia Praia. O areal é enorme, mas com muita de gente. Muita confusão. Falaram-me na Dona Ana. Bonita, sim. Mas quase não tinha sítio para estender a toalha. Praia da Luz idem.

Decidi então meter-me no carro e ir explorar as praias mais para o lado de Sagres. Gostei do Zavial, mas era longe. Não sei bem como, um certo dia meti-me por uns caminhos e fui dar com a praia das Cabanas Velhas, ali antes do Burgau. Uma praia relativamente pequena (mais pequena fica quando a maré sobe), meio escondida, praticamente sem ninguém em agosto e com umas arribas lindíssimas. Conquistou-me logo.

Passou a ser durante anos o meu recanto de verão. Não importava ter de me meter no carro todos os dias e fazer 20 minutos de caminho. Sabia que nunca me desapontava a partir do momento em que lá chegasse. A começar pelo fácil estacionamento. Mas sobretudo por ter espaço e por ser um sítio calmo e bem frequentado.

Para ajudar, um bar/restaurante de madeira, com uma zona de esplanada fantástica. Boa comida e o local ideal para beber uma imperial confortavelmente sentado num pufe.

Fiquei encantado da vida com a minha descoberta, mas de ano para ano parece que não fui o único. Culpa de ter divulgado a notícia do paraíso que tinha encontrado e a coisa foi-se espalhando?

Há dois ou três anos encontrei por lá pela primeira vez uma pessoa minha conhecida. Acho que ficou tão espantada como eu e que pensámos a mesma coisa, do tipo "tu por aqui? Como descobriste isto?"

Desde há dois anos deixei de ir para Lagos e para o Algarve. Elegi outro destino. Mas as memórias de Cabanas Velhas continuam. E sei que hei de lá voltar...

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG