Açores, Minho e Lisboa têm três hotéis entre os melhores do mundo

O número de nomeados portugueses nos prémios de excelência Condé Nast Johansens 2020 - grupo editorial considerado uma referência mundial na avaliação de hotéis - nunca foi tão elevado. Os vencedores foram apresentados esta segunda-feira, em Londres.

Nove hotéis portugueses estavam nomeados, este ano, aos prémios de excelência Condé Nast Johansens 2020, um grupo editorial considerado uma referência nos guias de viajantes que procuram as experiências mais luxuosas. O número de nomeações nunca foi tão elevado e foram três os hotéis e cidades portuguesas que saíram vencedores. A revelação foi feita esta segunda-feira, numa cerimónia que decorreu em Londres, no Reino Unido.

Ainda o diretor comercial do Terra Nostra Garden Hotel, Pedro Salazar,não tinha agarrado o prémio e, na mesa onde estava a comitiva representante das nomeações portuguesas, já se adivinhava o desfecho. Este hotel português situado nos Açores, na Ilha de São Miguel, ganhou o maior prémio da noite, na categoria de "Prémio do Leitor", como o hotel mais votado entre os leitores do grupo Condé Nast Johansens.

"É um prémio importantíssimo, o mais ambicioso, por isso é que o deixamos para o final (da cerimónia) ", explica Charlotte Evans, da direção do grupo editorial. Mas não foi recebido com surpresa por Pedro Salazar, confessa o próprio. Afinal, esta é a segunda vez consecutiva que o hotel é galardoado na mesma categoria. "Não é uma surpresa no sentido em que nós sabemos que é para isto que trabalhamos todos os dias": fazer deste lugar um símbolo português. E o diretor comercial não tem dúvidas de que este local "está praticamente para os Açores como o Pico está para o arquipélago". "Os açorianos sentem orgulho neste espaço", diz.

Antes, a Torre de Gomariz Wine & Spa Hotel, no Minho, nomeada para "Melhor Hotel Rural", também ganhou o troféu. Bem como o Olissippo Lapa Palace Hotel, em Lisboa, na categoria de "Melhor Hotel Urbano". Os três são considerados, pela Condé Nast Johansens, os melhores hotéis portugueses e do mundo.

Entre as nomeações, foi a capital que surgiu mais representada na lista portuguesa. Além dos vencedores, concorria com o Hotel Albatroz (em Cascais), na categoria de "Melhor para iniciantes ou de regresso à cena", com o The Vintage Hotel & Spa, para "Melhor pelo valor de luxo", e ainda o Santiago de Alfama Hotel, na categoria de "Prémio do Leitor" - concorrendo com o português vencedor Terra Nostra Garden Hotel.

Já o Algarve concorria com dois hotéis, em duas categorias: o Tivoli Marina Vilamoura Algarve Resort, para "Melhor para reuniões ou conferências"; e o Vila Joya Home, Restaurant & Spa, "Melhor na experiência gastronómica".

Este ano, os prémios atribuídos pelo grupo editorial Condé Nast Johansens incluíram uma nova categoria, para "o melhor na acessibilidade dos quartos e casas de banho". Todos os nomeados foram escolhidos com base nos votos de leitores, de especialistas locais e do quadro diretivo do grupo editorial.

Exclusivos