Padre António Vieira

História

Padre António Vieira

Em 1681, quando regressou ao Brasil após as suas (des) venturas no Reino de Portugal e em Roma, o Padre António Vieira decidiu terminar a reunião da sua obra nos poucos anos que lhe restavam de vida. Os Sermões deram dezasseis volumes, as Cartas três e ainda tentou concluir a obra de profecias Clavis Prophetarum, que lhe garantiram um registo do “sucesso” que teve como orador, epistológrafo e ensaísta para a eternidade. Algumas destas obras foram elogiadas até pela Inquisição que o perseguiu e serviram de modelo para padronizar muito da Língua Portuguesa que ainda hoje se fala.