Um morto em naufrágio de embarcação a remo

Indivíduo era irlandês tinha cerca de 60 anos

Um dos quatro tripulantes do naufrágio de uma embarcação a remo, esta sexta-feira, em Caminha morreu e os outros três ocupantes do barco foram transportados ao hospital, disse à Lusa o comandante da Polícia Marítima.

Em declarações à agência Lusa, o comandante da Polícia Marítima local, Pedro Miguel Cervans Costa, explicou que "as manobras de suporte básico de vida realizadas pelos meios de socorro não resultaram tendo sido declarado, no local, o óbito do homem com cerca de 60 anos".

O responsável adiantou que "por uma questão de precaução, os outros três tripulantes do barco a remo, também de nacionalidade irlandesa, foram transportados ao hospital de Santa Luzia, em Viana do Castelo".

As idades dos quatro tripulantes oscilam entre os 40 e os 60 anos.

O naufrágio ocorreu praia marítima da foz do rio Minho, em Caminha, ainda por razões desconhecidas.

O comandante Pedro Miguel Cervans Costa revelou que "a embarcação tinha partido de La Guardia, com destino ao rio Minho em Caminha, onde, por razões que vão agora ser investigadas, virou".

O alerta às autoridades foi dado cerca das 16:30.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG