Transit App Moovit. A aplicação para quem anda de transportes públicos

Aplicação gratuita vai dar informação em tempo real aos utentes de Lisboa, Porto, Coimbra e Funchal

Uma aplicação (app) de trânsito para telemóveis que ajuda os utilizadores dos transportes públicos em Lisboa, Porto, Coimbra e Funchal com informações de tráfego em tempo real foi hoje lançada oficialmente em Portugal.

A Transit App Moovit tinha sido lançada no final de 2014 em versão experimental em Portugal, onde já conta com 125.000 utilizadores, de acordo com a empresa gestora.

A aplicação informática, gratuita para os dispositivos com sistemas 'iOS' e 'Android', combina informações públicas dos operadores de transportes e das autoridades com as informações em tempo real da comunidade de utilizadores sobre 18 sistemas de trânsito das quatro cidades.

Através da aplicação, os utilizadores podem consultar informação atualizada sobre 10 sistemas de transporte diferentes de Lisboa, nomeadamente o Metropolitano, as linhas do Metro Transportes do Sul e as linhas da CP -- Comboios de Portugal, e cinco sistemas de trânsito do Porto, incluindo as linhas da CP e as do Metro do Porto.

A Moovit disponibiliza também informação sobre os horários e percursos dos autocarros SMTUC em Coimbra e os HF e a EACL no Funchal.

A aplicação tem um "Programa de Comunidade" com mais de 640 editores em Lisboa e 90 no Porto que ajudam a manter atualizada a informação.

A app permite ainda aos utilizadores enviar relatórios sobre as suas experiências de viagem, como dados de congestionamento, limpeza e alterações nos serviços, que são apresentados em tempo real aos outros utilizadores, para que possam planear melhor os seus percursos ou, eventualmente, procurar rotas alternativas.

A empresa anunciou que pretende acrescentar cidades à rede portuguesa nos próximos meses de modo a "permitir que os utilizadores possam viajar entre cidades com facilidade", destacando que planeia estender a aplicação em breve a toda a região da grande Lisboa.

A aplicação começou a funcionar em 2012 e está presente em mais de 800 cidades de 60 países em todo o mundo, tendo mais de 35 milhões de utilizadores.

Exclusivos

Premium

EUA

Elizabeth Warren tem um plano

Donald Trump continua com níveis baixos de aprovação nacional, mas capacidade muito elevada de manter a fidelidade republicana. A oportunidade para travar a reeleição do mais bizarro presidente que a história recente da América revelou existe: entre 55% e 60% dos eleitores garantem que Trump não merece segundo mandato. A chave está em saber se os democratas vão ser capazes de mobilizar para as urnas essa maioria anti-Trump que, para já, é só virtual. Em tempos normais, o centrismo experiente de Joe Biden seria a escolha mais avisada. Mas os EUA não vivem tempos normais. Kennedy apontou para a Lua e alimentava o "sonho americano". Obama oferecia a garantia de que ainda era possível acreditar nisso (yes we can). Elizabeth Warren pode não ter ambições tão inspiradoras - mas tem um plano. E esse plano da senadora corajosa e frontal do Massachusetts pode mesmo ser a maior ameaça a Donald Trump.