Trabalhador morre ao cair de um prédio na Póvoa de Varzim

O homem tinha 29 anos e morreu enquanto fazia uma obra num prédio de três andares

Um homem de 29 anos morreu hoje na Póvoa de Varzim depois de cair do telhado de um prédio de três andares onde estava a trabalhar na substituição de painéis solares, disse à agência Lusa fonte da PSP.

A mesma fonte do Comando Metropolitano da PSP do Porto acrescentou que um "cilindro cheio" dos painéis solares "caiu em cima" do trabalhador durante a queda, na rua Latino Coelho, concelho da Póvoa de Varzim, pelas 09:25.

"O trabalhador estaria a fazer a renovação da estrutura de painéis solares para o aquecimento de água. Ao retirar um dos cilindros dos painéis solares, esse cilindro estaria cheio e caíram os dois", referiu ainda a PSP.

Aquela força policial indicou ainda que o homem morreu no local, para onde entretanto se deslocou uma equipa da Autoridade para as Condições de Trabalho.

Segundo dados da Autoridade para as Condições de Trabalho, morreram até ao final de agosto deste ano 89 pessoas em acidentes de trabalho e 165 pessoas sofreram acidentes de trabalho graves.

Exclusivos