Spice Girls "regressam" em campanha pela igualdade de género

Novo vídeo do clássico dos anos 90 "Wannabe" quer incentivar mulheres a dizerem o que realmente querem

As Spice Girls marcaram os anos 90, não apenas pelos visuais ousados e os temas pop, mas também pela afirmação do girl power, o poder feminino que defendiam nas letras das músicas que atingiram sucesso global.

Para fazer regressar a mensagem feminista e impulsionar os objetivos definidos pela Organização das Nações Unidas no que às mulheres diz respeito, um grupo ativista decidiu voltar a filmar o videoclip do tema Wannabe, com "intérpretes" que vão mostrando cartazes e frases que indicam o que as mulheres realmente querem: fim da violência, direito à educação, salários equivalentes ao homens e a erradicação do casamento na infância.

Realizado por MJ Delaney, o teledisco foi filmado pelo Project Everyone, grupo ativista fundado pelo cineasta Richard Curtis - que dirigiu o filme O Amor Acontece. Conta com dançarinas da Nigéria, Canadá, Índia, Reino Unido e Estados Unidos, segundo a revista Time.

"Acho uma ideia maravilhosa", disse Victoria Beckam, antiga Spice Girl, em comunicado. "É fantástico que depois de 20 anos o legado das Spice Girls seja usado para encorajar e fortalecer uma nova geração", frisou a posh Spice.

O videoclip da música foi divulgado terça-feira na página da Global Goals, que divulga os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas. No site, a organização defende que "se as mulheres fizerem barulho" e disserem o que realmente querem, a mensagem será escutada e discutida pelos líderes mundiais na Assembleia Geral das Nações Unidas que se realizará em setembro. E desafiou as mulheres a publicar nas redes sociais os aspetos que gostariam de ver mudados no futuro.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG