Prisão preventiva para dois suspeitos de dezenas de assaltos

Assaltos foram praticados nos distritos de Viseu, Aveiro e Porto

O Tribunal de São Pedro do Sul decretou a prisão preventiva para dois suspeitos de dezenas de assaltos a gasolineiras, estabelecimentos e viaturas, praticados nos distritos de Viseu, Aveiro e Porto, informou hoje a GNR.

Fonte da GNR disse à Lusa que os detidos são dois irmãos, de 30 e 32 anos, residentes em Santa Maria da Feira, no distrito de Aveiro.

Os indivíduos foram detidos na passada terça-feira, na sequência de uma investigação que durava há vários meses, relacionada com roubos à mão armada.

Em comunicado, a GNR refere que os dois irmãos estão referenciados por 33 roubos com recurso a armas de fogo a postos de combustível e 28 furtos em estabelecimentos e viaturas.

Segundo a Guarda, os crimes terão sido praticados nos últimos cinco meses nos distritos de Viseu, Aveiro e Porto, mais propriamente nos concelhos de Castro Daire, Viseu, Oliveira de Frades, Águeda, Albergaria-a-Velha, Vila Nova de Gaia e Santa Maria da Feira.

"Os detidos têm antecedentes criminais e atuavam sempre encapuzados com gorros e luvas ameaçando as vítimas com a arma, sendo que, os dois últimos veículos furtados e usados para praticarem os roubos foram incendiados para eliminar vestígios", refere a mesma nota.

A GNR efetuou cinco buscas, nas quais apreendeu uma espingarda de canos serrados, 39 cartuchos e diversos acessórios usados na prática dos roubos.

Os militares recuperaram ainda diversos bens que suspeitam serem provenientes dos roubos, incluindo telemóveis, LCD, relógios, material informático, bicicletas, frascos de perfume, garrafas de bebidas alcoólicas e diversas ferramentas.

A operação realizada pelo Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Viseu contou com o apoio do Comando Territorial de Aveiro, da Unidade de Intervenção e da Polícia Judiciária do Porto.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG