PJ deteve cinco suspeitos do crime de rapto em Vila Real

Vítima conseguiu fugir para o interior de um veículo, onde ficou até à chegada da PJ. Suspeitos são ser presentes a interrogatório judicial para eventual aplicação de medidas de coação.

A Polícia Judiciária (PJ) de Vila Real deteve cinco suspeitos de criminalidade "especialmente violenta" e da prática do crime de rapto de que terá sido vítima uma mulher de 39 anos, anunciou esta quinta-feira a força policial.

Os suspeitos são três homens e duas mulheres, com idades compreendidas entre os 39 e os 49 anos, que foram detidos por elementos do Departamento de Investigação Criminal de Vila Real pela "presumível autoria do crime de rapto, na forma tentada".

Em comunicado, a PJ refere que os factos ocorreram ao final da tarde de quarta-feira, quando três dos arguidos, dois homens e uma mulher, "no âmbito de um plano previamente estabelecido com os outros dois arguidos, um homem e uma mulher, vigiaram e perseguiram a vítima ameaçando-a e cercando-a no interior de um estabelecimento comercial em Vila Real".

Os suspeitos visariam "a sua captura e transporte para uma habitação nas imediações da cidade, para a submeter a extorsão de uma elevada quantia em dinheiro". No entanto, refere a PJ, que a vítima conseguiu fugir "refugiando-se no interior de um veículo, na zona da carga, onde permaneceu até à chegada da Polícia Judiciária que, entretanto, procedeu à interceção, identificação e detenção dos arguidos".

Os detidos, dois empresários e os restantes sem ocupação laboral, vão ser presentes a interrogatório judicial para aplicação de eventuais medidas de coação.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG