O quinto homem mais rico de Portugal foi roubado em dez milhões

Vivenda de António Rodrigues, em Oliveira de Azeméis, foi assaltada na madrugada de segunda-feira

A casa de António Rodrigues, um dos empresários mais rico de Portugal, foi assaltada na madrugada de segunda-feira. Da vivenda, em Oliveira de Azeméis, os assaltantes terão levado, noticia hoje o Jornal de Notícias, peças de joalharia, relógios e 30 mil euros em dinheiro. No total, o roubo ascenderá aos 10 milhões de euros.

António da Silva Rodrigues, comendador, é o quinto homem mais rico do país: fez fortuna com o Grupo Simoldes, fundado em 1956. Em 2016, o património de António Rodrigues foi avaliado em 1115 milhões de euros.

Segundo o JN, a residência de António Rodrigues fica na freguesia de Ul, em Oliveira de Azeméis, e não há registo de outros assaltos recentes na zona. O empresário e família estavam ausentes porque terão ido passar o fim de ano ao Brasil. A mulher de António Rodrigues confirmou ao JN o assalto, sem acrescentar pormenores, uma vez que o caso foi entregue às autoridades.

Ao jornal, uma vizinha contou que os seus cães ladraram durante a noite, por isso foi à rua tentar perceber o que se passava, mas não se apercebeu de nada fora do normal. Só quando viu a GNR de manhã no local ficou a saber da invasão da vivenda do empresário.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG