NASA vai enviar missão a asteroide que se está a aproximar da Terra

Passagem próxima da Terra em 2135 vai influenciar a órbita de Bennu e pode colocá-lo em rota de colisão com o nosso planeta

A agência espacial norte-americana (NASA) vai lançar uma missão para estudar o asteroide Bennu. A sonda será lançada em setembro, deve chegar ao asteroide em agosto de 2018 e voltar com uma amostra da superfície do objeto em 2023. O objetivo é perceber o que este asteroide "testemunhou" durante o seu tempo de vida, mas há outra razão para o interesse no Bennu.

Um dos principais investigadores do projeto OSIRIS-REx, Dante Lauretta, da Universidade do Arizona, revela que o asteroide, que passa pela terra a cada seis anos, se está a aproximar e que as projeções apontam para que passe entre a Terra e a Lua em 2135.

"Essa passagem próxima em 2135 vai influenciar a órbita de Bennu, e pode potencialmente colocá-lo em rota de colisão com a Terra mais tarde nesse século", disse Lauretta ao jornal The Sunday Times. "Pode estar destinado a causar imenso sofrimento e morte", acrescentou.

O Bennu é uma relíquia do início do sistema solar e asteroides como ele podem ter contribuído para o início da vida na Terra, através do transporte de material orgânico, acreditam alguns cientistas.

Assim, o objetivo da missão é, além dos já referidos, mapear a superfície do asteroide, que tem cerca de 500 metros de diâmetro - o tamanho não é suficiente para colocar a vida na Terra em perigo, mas ainda assim o impacto seria equivalente a 200 vezes o da bomba atómica de Hiroxima.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG