Mulher encontrada morta na Calheta com "indícios de crime"

Filho de 45 anos é o principal suspeito do homicídio, revelou a PJ

Uma mulher de 79 anos foi hoje encontrada morta, com "indícios de crime", na zona da Calheta, Madeira, com a Polícia Judiciária (PJ) a admitir que o filho, com cerca de 45 anos, é o principal suspeito.

Fonte da PJ disse à agência Lusa que o corpo da mulher foi encontrado na sua casa com "indícios de crime", e que o suspeito já se encontra à guarda da polícia.

A septuagenária morava sozinha até há cerca de duas semanas, altura em que o filho regressou de Inglaterra e passou a habitar a mesma casa.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG