Motoristas da Uber agredidos no Porto

Um dos motoristas terá sido transportado para o hospital depois de ser agredido por três homens. Violência terá começado ainda com os clientes no carro. Na Batalha um homem teve de refugiar-se num hotel

Dois motoristas da Uber terão sido vítimas de agressões no Porto. O proprietário dos veículos explicou que um foi para o hospital, depois de três homens o terem agredido. O outro caso aconteceu na estação de Campanhã.

O proprietário explicou à SIC Notícias que um dos motoristas transportava clientes para o centro do Porto, quando o carro foi "apedrejado e levou com ovos". Referiu que ao tentar deixar as pessoas que transportava, o homem acabou a ser agredido por três pessoas. Já na estação de Campanhã, uma mulher que trabalha para a Uber também foi alvo de agressões.

O Jornal de Notícias avança que na Batalha houve problemas idênticos. Um motorista da Uber foi obrigado a refugiar-se no hotel Quality Inn, depois de ter sido alegadamente cercado por taxistas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG