Militar da GNR morreu após cair do cavalo 

Militar de 39 anos esteve nove dia internado, com ferimentos graves, e acabou por morrer

Um militar da GNR a prestar serviço no Posto Territorial de Pinhel morreu no seguimento de ferimentos resultantes de uma queda de cavalo ocorrida quando fazia uma ação de patrulhamento naquela cidade, foi hoje anunciado.

Segundo fonte do Comando Territorial da GNR da Guarda, o guarda principal de cavalaria Orlando Nascimento, de 39 anos, natural da localidade de Freixo, concelho de Almeida, distrito da Guarda, sofreu a queda durante uma ação de patrulhamento na manhã do dia 22 de agosto.

O militar "sofreu ferimentos muito graves, tendo sido assistido e helitransportado para o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra", lembra a fonte.

"Infelizmente, no final da tarde de ontem [quarta-feira], após nove dias de internamento e a lutar pela vida, o Orlando [Nascimento] não resistiu aos ferimentos", acrescenta a GNR.

O Comando Territorial da GNR da Guarda refere em nota hoje divulgada que "toda a família da Guarda Nacional Republicana está de luto pela morte deste excecional militar, que ao serviço da segurança pública sacrificou a sua vida".

Os militares e os civis do Comando Territorial da GNR da Guarda apresentam sentidas condolências à família do falecido.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG