Guterres: "Direitos das mulheres são direitos humanos"

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, apontou esta quarta-feira - numa mensagem disponibilizada no site da ONU para celebrar o Dia da Mulher - que "os direitos das mulheres são direitos humanos, mas ao redor do mundo esta mensagem continua a ser ignorada demasiadas vezes".

De acordo com uma mulher que complementa a ideia de Guterres, "as mulheres continuam a enfrentar a discriminação e a violência, das salas de aula, passando pelos locais de trabalho aos campos de batalha".

"Como secretário-geral das Nações Unidas estou 100% comprometido com a liderança feminina e a igualdade de género mas o nosso mundo vive tempos conturbados e milhões de mulheres e raparigas estão na linha da frente destas crises", afirmou António Guterres, desafiando todas (e todos) a juntarem-se às Nações Unidas para responder aos desafios que se colocam.

Já numa frase que acompanha o vídeo, o português justificou o seu empenho: "No Dia Internacional da Mulher, todos nos comprometemos a fazer tudo o que pudermos para superar o preconceito enraizado, apoiar o compromisso e o ativismo, e promover a igualdade de género e o empoderamento das mulheres."