Índice de transmissibilidade sobe. É de 0,71 em Portugal Continental, Açores e Madeira acima de 1

No relatório anterior, divulgado a 26 de fevereiro, o Rt médio do país situava-se nos 0,68.

O índice médio de transmissibilidade (Rt) do vírus SARS-CoV-2 está nos 0,71 em Portugal continental, subindo dos 0,68 no relatório anterior, divulgado a 26 de fevereiro. Já no número de casos registados, mantém uma tendência decrescente.

Nos Açores e na Madeira ambos os valores estão a subir, estando as regiões autónomas a apresentar um Rt acima de 1.

Segundo um relatório do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) esta sexta-feira divulgado sobre a curva epidémica da infeção pelo novo coronavírus, todas das regiões apresentam um Rt a cinco dias abaixo de 1, com exceção das duas regiões autónomas, "o que sugere um desacelerar da tendência de decrescimento da incidência de SARS-CoV-2" em Portugal Continental.

No relatório anterior, divulgado a 26 de fevereiro, o Rt médio do país situava-se nos 0,68.

O INSA refere que o Rt de 1,15 estimado para a Madeira deve ser interpretado com "cautela, pois pode ser resultado de uma atualização da base de dados por introdução de casos ocorridos no passado".

Por regiões e para os dias entre 24 e 28 de fevereiro, o relatório indica um Rt -- o número médio de casos secundários que resultam de um caso infetado pelo vírus -- de 0,72 para o Norte, de 0,63 para o Centro, de 0,68 para Lisboa e Vale do Tejo, de 0,73 para o Alentejo, de 0,79 para o Algarve e de 1,02 para os Açores.

Desde 11 de fevereiro que se observa uma tendência de estabilização do Rt, com um ligeiro aumento de 0,61 para 0,73, refere ainda o INSA, que recorda que o índice de transmissibilidade atingiu os 2,12 como valor mais alto durante a pandemia que se iniciou em março de 2020.

O mesmo relatório avança ainda que, a nível europeu, Portugal apresenta uma taxa de notificação acumulada de 14 dias entre os 120 e os 239.9 casos por 100 mil habitantes com tendência decrescente, estando na mesma situação que a Irlanda e o Reino Unido.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.570.291 mortos no mundo, resultantes de mais de 115,5 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.486 pessoas dos 808.405 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Com Lusa

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG