Mação e Gavião são fogos mais preocupantes. Situação está mais calma

Previsões meteorológicas mantêm-se desfavoráveis para os trabalhos de combate às chamas

Os fogos de Mação, Santarém, e Gavião, Portalegre, são os que mais preocupam a Proteção Civil neste momento, ainda que a situação esteja mais calma, com o incêndio de Mação a registar apenas três pequenas frentes ativas.

O ponto de situação em relação aos fogos que lavram no país foi feito na manhã de hoje pela adjunta de operações da Proteção Civil, Patrícia Gaspar, que adiantou que as previsões meteorológicas se mantêm desfavoráveis para os trabalhos de combate às chamas, sobretudo devido ao vento, e que durante a manhã de hoje a Proteção Civil vai reunir para decidir se se mantém o nível de alerta especial laranja, ou se haverá lugar a uma revisão.

Desde as 00:00 de hoje já deflagraram 21 incêndios, e estão neste momento [pelas 09:00] em curso cinco, com três ocorrências mais significativas a ser acompanhadas pelas autoridades: os fogos de Mação e Gavião, e um incêndio em Vieira do Minho, Braga, com uma frente ativa, mas que até ao momento não tem "pontos críticos identificados", não levantando grandes preocupações.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG