Humorista faz 27 maratonas em 27 dias

No domingo teve de correr duas para cumprir objetivo.

Eddie Izzard é o herói do momento. O humorista conseguiu a proeza de correr 27 maratonas em 27 dias. Era este o seu objetivo - uma maratona por cada ano que Nelson Mandela passou na prisão - e para o cumprir teve de correr duas maratonas no domingo.

"Foi a coisa mais difícil que alguma vez fiz e estou muito cansado", comentou o comediante britânico em declarações à BBC.

Durante 27 dias, Eddie Izzard, 54 anos, correu ou andou 1.139 quilómetros na África do Sul. Mas, como logo no início do desafio falhou um dia, no domingo passado, o último dia, teve de correr 84,39 quilómetros.

O fim do desafio aconteceu em Pretória, na África do Sul, frente à estátua de Nelson Mandela. Eddie Izzard tinha como objetivo angariar dinheiro para a Comic Relief e fazer um tributo à vida do antigo líder do movimento antiapartheid. Assim, as maratonas tiveram início a 23 de fevereiro em Mbashe Bruidge, perto da cidade de Mvenzo, onde Mandela nasceu, e passaram por locais emblemáticos na vida do antigo presidente sul-africano, que morreu e dezembro de 2013.

Já em 2012, Eddie Izzard havia tentado esta proeza, mas viu-se obrigado a desistir devido a problemas de saúde, logo à quarta maratona. Em 2009 completou um desafio semelhante: 43 maratonas em 51 dias no Reino Unido, tendo angariado 1,8 milhões de libras (2,3 milhões de euros).

Desta vez, o humorista conseguiu angariar 1,3 milhões de libras (1,6 milhões de euros) para a Sport Relief, uma iniciativa da Comic Relief em parceria com a BBC que junta o desporto e o entretenimento para ajudar pessoas vulneráveis em todo o mundo.

Exclusivos

Premium

Flamengo-Grémio

Jesus transporta sonho da Champions para a Libertadores

O treinador português sempre disse que tinha o sonho de um dia conquistar a Liga dos Campeões. Tem agora a oportunidade de fazer história levando o Flamengo à final da Taça Libertadores para se poder coroar campeão da América do Sul. O Rio de Janeiro está em ebulição e uma vitória sobre o Grémio irá colocar o Mister no patamar de herói.