Há um novo site para conhecer o Portugal contemporâneo

Numa parceria com a RTP e o Círculo de Leitores, a Fundação Francisco Manuel dos Santos lançou uma plataforma com os acontecimentos que marcaram o país entre 1960 e 2015

Só em 1969 é que as mulheres começaram a poder viajar para o estrangeiro sem a autorização do marido. Contudo, perante a lei, o homem continuava a ser o único administrador dos bens do casal e a ter o direito de abrir a correspondência da mulher. No mesmo ano, os Beatles deram o último concerto, realizou-se o primeiro Woodstock, Simone de Oliveira levou a Desfolhada à Eurovisão (na foto), estreou-se a Rua Sésamo, Neil Armstrong pisou a Lua.

Estes são alguns dos mais de dez mil factos dos últimos 55 anos disponíveis na obra digital Cronologias de Portugal Contemporâneo, lançada ontem pela Fundação Francisco Manuel dos Santos (FFMS). Trata-se de um site (cronologias.ffms.pt.) que reúne acontecimentos de política, cultura, sociedade, economia e internacional, disponível para qualquer cidadão com acesso à internet. Para quem prefere o papel, há também uma edição em livro.

Leia mais na edição impressa ou no e-paper do DN

Exclusivos