Há dois vinhos portugueses no Top 24 do Wall Street Journal

Vinhos portugueses têm origem em Lisboa e no Dão e já conquistaram alguns prémios internacionais de prestígio

Dois dos 24 vinhos selecionados pelo jornal norte-americano Wall Street Journal (WSJ) para o seu novo clube trimestral têm origem portuguesa. Giesta Branco 2014, na categoria "brancos", e Aluado Alicante Bouschet 2014, na categoria "tintos", são os vinhos nacionais destacados pelo jornal.

"O WSJ está a mudar o modo como as pessoas compram vinho", lê-se no site oficial do serviço que, por pouco mais de 80 euros (81, 785 euros, isto é, 89,99 dólares), entrega, de três em três meses, doze vinhos à porta dos assinantes.

O branco português, oriundo do Dão (Beira Alta), tem um sabor leve e frutado que em conjugação com o aspeto brilhante garante a sua popularidade. Já o tinto, que se destaca pela sua coloração quase negra, é um dos favoritos dos entendidos na matéria. Proveniente de Lisboa, o Aluado Alicante Bouschet 2014 conquistara, em 2015, um lugar no top 100 da revista Wine Enthusiast.

Com vinhos italianos, franceses, espanhóis, sul-africanos, americanos e portugueses, a coleção do WSJ junta os favoritos dos clientes do jornal e alguns dos mais galardoados em todo o mundo.

Os vinhos portugueses escolhidos custam, individualmente, entre quatro e 11 euros.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG