Governo anuncia reforço de 745 milhões de euros para o SNS

Ministério da Saúde indica que "do valor total, 630 milhões de euros destinam-se aos hospitais e 115 milhões às Administrações Regionais de Saúde".

"O Governo vai reforçar o Serviço Nacional de Saúde (SNS) com mais 745 milhões de euros, tendo em vista a redução da dívida e o aumento da capacidade de resposta e de produção do SNS". A informação foi avançada esta quinta-feira pelo Ministério da Saúde.

Em comunicado, o Ministério tutelado por Marta Temido - que é hoje ouvida pelos deputados sobre a vacinação de crianças - refere que "do valor total, 630 milhões de euros destinam-se aos hospitais e 115 milhões às Administrações Regionais de Saúde (ARS)".

Este reforço, indica o Governo, "surge num ano de grande esforço financeiro" devido à pandemia de COVID-19, "nomeadamente na recuperação da atividade assistencial, no financiamento de testes de deteção da covid-19, ou no esforço adicional de vacinação".

Em agosto deste ano, já tinha sido feito um reforço "no montante de 350 milhões de euros", lembra o Ministério. Desta forma, "em 2021, estes valores totalizam mais de 1000 milhões de euros de reforço, para um SNS melhor preparado, mais robusto e com mais respostas para os cidadãos", realça o comunicado.

Na nota, o Ministério da Saúde faz ainda saber que "até outubro tinham sido realizadas quase 30 milhões de consultas médicas em cuidados de saúde primários e 590 mil cirurgias, os valores mais elevados de sempre, e mais de 10 milhões de consultas hospitalares".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG