Ela ligou para o número errado e ele apaixonou-se. Casaram-se três meses depois

Indiana que sofreu ataque com ácido encontrou amor de forma inesperada

Uma mulher indiana casou-se esta semana em Bombaim com um homem que conheceu por acaso, quando se enganou e ligou para um número de telefone errado. Lalita Ben Bansi, de 26 anos, foi vítima de um ataque com ácido em 2012 e acreditava que nunca se iria casar.

"Quem diria que depois de um ataque com ácido e 17 cirurgias eu iria encontrar o amor", disse Lalita, segundo a BBC, que cita a imprensa indiana. "Mas aconteceu".

Lalita diz que foi um milagre ter conhecido Ravi Shankar, o marido. Lalita "ligou-me por engano há três meses. Eu liguei-lhe de volta 15 dias depois", contou Shankar. "Nós falámos e eu apaixonei-me pela voz dela. Continuámos a falar diariamente e eu pedi-a em casamento".

Shankar contou que Lalita revelou logo nas conversas iniciais que tinha o rosto e parte do corpo queimados, mas que não se importou com isso. "Muitos casais se apaixonam pela cara do companheiro e eventualmente divorciam-se".

"Não estou preocupado com a cara dela. Ela é uma pessoa doce", continuou o noivo. "Espero que Deus nos abençoe para sempre".

Lalita contou que foi atacada por um familiar porque, para interromper uma discussão entre o irmão e um primo, deu uma chapada a cada um. Como vingança, o primo atirou-lhe ácido à cara alguns dias depois. Já foi submetida a 17 cirurgias desde então.

Estima-se que ocorram 1000 ataques com ácido por ano na Índia, mas a maioria não é reportada às autoridades.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG