E se alguém recusar ser vacinado com a vacina da AstraZeneca?

E se alguém recusar ser vacinado com a vacina da AstraZeneca? Recebe outra ou fica por vacinar? A pergunta foi feita

E se alguém recusar ser vacinado com a vacina da AstraZeneca? Recebe outra ou fica por vacinar?

A pergunta ficou sem resposta na conferência de imprensa do anuncio da retoma da vacina da AstraZeneca na próxima segunda-feira. Ou melhor, teve resposta diplomática e pouco esclarecedora. A diretora-geral da saúde apelou aos portugueses que não recusem a vacina da AstraZeneca.

Questionada se os cidadãos podem escolher outro fabricante, Graça Freitas, disse que "é uma hipótese que as pessoas não devem colocar", pois, a "alternativa é ficarem desprotegidos de uma doença grave que pode ser letal".

Segundo a governante, "seja qual for a marca da vacina, deve ser aceite", pois se está "no mercado, é porque ela dá garantias

Na conferência de imprensa estiveram presentes a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, o presidente do Infarmed, Rui Ivo, e o coordenador da task-force para a vacinação contra a covid-19, Henrique Gouveia e Melo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG