Morreram os dois irmãos que desapareceram no Rio Vouga

Menina de 14 anos foi resgatada inconsciente e morreu a caminho do hospital. Irmão de 11 foi retirado da água já sem vida

Segundo a fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Aveiro, trata-se de dois irmãos de 11 e 14 anos que desapareceram ao início da tarde quando tomavam banho nas águas do rio Vouga, junto à ponte de Sernada, Macinhata do Vouga, Águeda.

A menina de 14 anos foi resgatada inconsciente da água e morreu a caminho do Hospital de Aveiro.

O irmão de 11 anos foi resgatado sem vida.

No local encontram-se meios de quatro corporações de bombeiros, mobilizadas após o alerta dado às 14:30 pelo CDOS distrital.

Segundo informação do jornal Soberania do Povo, a menina tentou salvar o irmão quando percebeu que ele estava em dificuldades.

Segundo disse à agência Lusa fonte dos Bombeiros Voluntários de Águeda, que têm no local sete viaturas, nas buscas participam ainda elementos dos Voluntários de Albergaria-a-Velha e de Sever do Vouga e ainda meios dos Bombeiros Novos de Aveiro.

De acordo com os bombeiros de Águeda, o local onde as crianças tomavam banho não está classificado como praia fluvial, mas é uma zona do rio Vouga que, pelas condições que apresenta, é por alguns frequentada como tal.

Exclusivos