Dois homens acusados de homicídio qualificado no Porto

Suspeitos esfaquearam um homem que os abordou quando danificavam carro da mulher

O Ministério Público (MP) acusou dois homens de homicídio qualificado, relacionado com a morte de outro homem, por esfaqueamento, na zona de Campanhã, concelho do Porto, informou hoje a Procuradoria-Geral Distrital (PGD).

De acordo com uma nota publicada na página oficial da PGD do Porto na Internet, os factos aconteceram a 2 de maio, entre as 03:00 e as 03:30 nas ruas Pinto Bessa e Vera Cruz, no Porto.

Segundo a acusação, "a vítima saiu de casa e abordou os arguidos que, no exterior, socavam o carro da sua mulher", acabando esfaqueado "treze vezes, nomeadamente nas costas, abdómen e cabeça", o que causou "lesões que provocaram a sua morte".

A PGD acrescenta que, ao abordar os arguidos, a vítima "foi pontapeada por um dos arguidos e esfaqueado numa coxa por outro".

"Quando tentou fugir, foi manietado por um dos arguidos, enquanto o outro o esfaqueou por treze vezes", descreve a PGD.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG