Detidos três homens por burla internacional e branqueamento de capitais

Foram arrestados imóveis no valor de mais de um milhão de euros e apreendidas sete viaturas no valor de cerca de quinhentos mil euros

A Polícia Judiciária deteve três homens por burla qualificada internacional e branqueamento de capitais, no seguimento de dez buscas na área da Grande Lisboa, tendo apreendido saldos de contas bancárias no valor de cinco milhões de euros.

Em comunicado hoje divulgado, a PJ adianta que, no âmbito da 'Operação Inshore', arrestou também três imóveis no valor de cerca de 1,2 milhões de euros e apreendeu sete viaturas de alta gama, avaliadas em cerca de 500 mil euros.

A operação da Unidade Nacional de Combate à Corrupção iniciou-se na última sexta-feira, tendo sido realizadas dez buscas na área da Grande Lisboa, das quais seis domiciliárias e três em instituições bancárias.

Os detidos de 30, 46 e 68 anos serão hoje presentes ao juiz para aplicação das medidas de coação.

O inquérito é dirigido pelo Departamento Central de Investigação e Ação penal (DCIAP).

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG