Debate Costa vs. Passos fez cair consumo de pornografia

A 9 de setembro do ano passado o site PornHub registou uma quebra de 6% no tráfego de utilizadores portugueses. Já no dia das legislativas assistiu-se a mais pornografia

O mundo viu muita pornografia no ano passado. E passou muito mais tempo no Pornhub. Estas são as conclusões mais genéricas do balanço feito pelo site de vídeos e filmes pornográficos, no qual se faz também um retrato do consumo de pornografia em Portugal.

E há dados curiosos a reter: o consumo de pornografia aumentou no dia das legislativas, 4 de outubro, mas baixou no dia do debate entre António Costa e Pedro Passos Coelho.

A 9 de setembro, o líder do PS e o então primeiro-ministro enfrentaram-se num debate de hora e meia que foi transmitido em direto pelas três estações de televisão. Nesse dia, diz o estudo da Pornhub, registou-se uma diminuição de 6% no consumo de pornografia pelos portugueses naquele site. Uma quebra maior que esta só a que se verificou na Irlanda a 27 de novembro com a transmissão do The Late Late Toy Show, um evento anual.

Se o debate fez diminuir o consumo de pornografia, já as eleições fizeram aumentar. Diz o Pornhub que no dia das legislativas, a 4 de outubro, houve um aumento de 4% de tráfego de utilizadores nacionais.

Os portugueses viram uma média de 8 minutos e 36 segundos de pornografia por cada visita ao site, o que representa menos tempo que a média mundial, que se situa nos 9 minutos e 16 segundos. O dia mais popular para os portugueses verem pornografia é a segunda-feira e aquele que regista menos consumo é o sábado. Qual o horário favorito? Entre as 23h00 e a meia-noite.

Portugal está no 43.º lugar do top de países que mais consomem pornografia no Pornhub, sendo que 75% dos utilizadores são homens e 25% são mulheres, o que representa mais dois pontos percentuais de espetadoras femininas que a média global.

Os utilizadores com idades compreendidas entre os 25 e os 34 anos são aqueles que mais veem os vídeos e filmes do site (30%), logo seguidos dos utilizadores entre os 18 e os 24 (com 25%), e dos utilizadores entre os 35 e os 55 anos (com 23%).

As categorias mais procuradas são "teen", "MILF" e "mature". Os termos mais pesquisados estão relacionados com a nacionalidade: "portuguese", "tuga" e "portugal".

As estrelas mais populares entre os consumidores portugueses são a veterana norte-americana Lisa Ann, a norte-americana Kim Kardashian e a portuguesa Érica Fontes.

Os residentes da região de Viana do Castelo são aqueles que menos tempo gastaram em cada visita ao Pornhub: oito minutos (menos 23 segundos do que os já referidos oito minutos e 23 segundos da média nacional). Já os utilizadores de Faro perderam em média mais 16 segundos por visita que a tal média nacional, enquanto os de Lisboa perderam mais 15.

Em tempos de festa, os portugueses viram menos pornografia: na véspera de Natal a quebra foi de 66%; na véspera de ano novo foi de 60%; no dia de Natal foi de 24% e no dia de ano novo foi de 21%. Em compensação, assistiram a mais vídeos e filmes no Carnaval (mais 9%), no Dia do Trabalhador (mais 7%), no 25 de abril (mais 6%) e, curiosamente, no dia da Imaculada Conceição, 8 de dezembro, (mais 2%).

Os países onde é maior consumo de pornografia no Pornhub são os Estados Unidos (41% do total de utilizadores), o Reino Unido e a Índia, que destronou o Canadá e o atirou para a quarta posição.

A Jamaica é o país onde a proporção de utilizadoras femininas é maior (44%), seguida da Nicarágua (40%), e das Honduras e Equador (39%).

E o que é que elas procuram? Cenas entre lésbicas, cenas de sexo que envolvem três pessoas ao mesmo tempo, e cenas de squirt (ejaculação feminina).

Exclusivos