Cometa visível no céu nos últimos dias do ano

O cometa 45P/Honda-Mrkos-Pajdusakova foi descoberto em 1948

Nos últimos dias do ano um cometa será visível no céu noturno. Para ver o 45P/Honda-Mrkos-Pajdusakova é preciso apenas estar no local certo à hora certa e um par de binóculos ou de um telescópio.

O 45P é um cometa de período curto, que "visita" a Terra a cada 5,25 anos, depois de dar uma volta até Júpiter - a sua órbita elíptica à volta do sol leva-o até um ponto perto da órbita do maior planeta do sistema solar.

O cometa está a ficar mais brilhante à medida que se aproxima do sol e na noite de Ano Novo vai ser visível perto da lua, na constelação de Sagitário, sendo observável no hemisfério norte - atinge o periélio (o ponto da órbita em que está mais perto do Sol) no dia de ano novo.

O 45P vai depois deixar de ser visível durante alguns dias, mas volta aparecer ainda em janeiro e é no mês seguinte que atinge o máximo brilho, quando passa mais perto da Terra, segundo o site de ciência Phys.org.

O cometa 45P/Honda-Mrkos-Pajdusakova foi descoberto em 1948 por Minoru Honda, Antonín Mrkos e Ludmila Pajdušáková.

Exclusivos

Premium

Contramão na autoestrada

Concessionárias querem mais formação para condutores idosos

Os episódios de condução em sentido contrário nas autoestradas são uma realidade recorrente e preocupante. A maioria envolve pessoas idosas. O tema é sensível. Soluções mais radicais, como uma idade para deixar de conduzir, avaliação médica em centros específicos, não são consensuais. As concessionárias das autoestradas defendem "mais formação" para os condutores acima dos 70 anos.