Carlos Cruz lança "Uma Vida": autobiografia de 600 páginas com 250 fotos

O ex-apresentador de televisão, a cumprir pena na prisão da Carregueira por abusos sexuais de menores, lança uma autobiografia de 592 páginas a 21 de março.

O ex- apresentador de televisão Carlos Cruz lança a 21 de março uma autobiografia em que fala da sua carreira e do estado da comunicação social nas últimas décadas.

O livro conta com o prefácio do ator Virgilio Castelo, Adelino Gomes e um pósfácio do fadista Carlos do Carmo. Carlos Cruz fez história na televisão e na rádio. Durante um ano, na prisão da Carregueira, o apresentador e jornalista escreveu mais de 500 páginas sobre a sua própria história. Carlos Cruz cumpre seis anos de pena de prisão por abusos sexuais de menores no âmbito do processo Casa Pia. Está a cumprir pena desde 2013.


"Neste livro, que contém mais de 250 fotografias, Carlos Cruz fala-nos sobre a sua vida e a sua carreira, e reflete sobre o trabalho e as transformações da comunicação social ao longo das últimas décadas", pode ler-se no comunicado da editora Albatroz.O lançamento do livro está marcado para o dia 22 de março, às 18:30, no Altis Grand Hotel, e a apresentação estará a cargo de D. Januário Torgal Ferreira. Colaborarão nesta sessão os músicos Jorge Quintela, Nanã Sousa Dias e Paulo Ramos e haverá ainda uma participação especial de Ruy de Carvalho.

Em dezembro, a prisão da Carregueira, onde Carlos Cruz cumpre pena, deu parecer favorável à primeira saída precária, altura em que o ex-apresentador cumpriu dois terços da pena de seis anos de cadeia a que foi condenado por abusos sexuais. Preso desde abril de 2013, após ter sido condenado no processo de pedofilia da Casa Pia. Cruz esteve detido entre fevereiro de 2003 e maio de 2004.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG