Ajuntamento de 100 pessoas na Cova da Moura acaba em troca de tiros com polícia

O incidente registou-se durante a madrugada deste domingo após várias queixas por violação das restrições de covid-19.

A presença de uma centena de pessoas na rua, num contexto de festa, às 2.30 horas da madrugada deste domingo, no bairro da Cova da Moura, na Amadora, distrito de Lisboa, acabou numa troca de tiros com a polícia.

"Não há feridos, não há danos materiais", indicou à Lusa fonte do Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública (PSP), referindo que não foi possível identificar e deter ninguém, porque se "esconderam dentro do bairro".

Após ter recebido várias denúncias, sobretudo devido ao ruído, a polícia deslocou-se ao bairro e tentou dispersar o grupo de "uma centena de pessoas na rua".

"Estavam num contexto de festa e, por causa das normas da covid-19, fomos ao local no sentido de a fazer cessar", referiu a PSP, adiantando que a maioria das pessoas dispersou da rua, mas "houve um pequeno grupo que ao se afastar promoveu alguns disparos contra a polícia".

Neste âmbito, a PSP também fez "alguns disparos", no sentido de proteger a restante população e os próprios polícias, para garantir a ordem pública.

Sobre os autores dos disparos contra a polícia, não foi possível proceder à sua identificação, uma vez que se colocaram "em fuga para interior do bairro".

Por ter envolvido armas de fogo, a investigação desta ocorrência no bairro da Cova da Moura passou para a alçada da Polícia Judiciária, informou a PSP.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG