Açores com sete novos casos e dois doentes em cuidados intensivos

De acordo com o boletim diário daquela entidade, publicado no 'site' oficial do Governo Regional dos Açores, nas últimas 24 horas foram identificados sete casos positivos, todos na ilha de São Miguel.

Os Açores registaram sete novos casos positivos de covid-19 nas últimas 24 horas e têm 10 doentes internados, dois dos quais em cuidados intensivos, revelou esta segunda-feira a Autoridade de Saúde Regional.

De acordo com o boletim diário daquela entidade nas últimas 24 horas foram feitas 310 análises à infeção por SARS-CoV-2, que provoca a covid-19, levando à identificação de sete casos positivos, todos na ilha de São Miguel.

A Autoridade de Saúde descreve que cinco novos casos foram registados no concelho de Ponta Delgada, um no da Ribeira Grande e outro no Nordeste, todos "em contexto de transmissão comunitária".

Estão hoje internados 10 doentes, seis dos quais no Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada.

Nenhum destes doentes está em cuidados intensivos.

No Hospital de Santo Espírito da Ilha Terceira há dois doentes, um em cuidados intensivos.

Também no Hospital da Horta estão internado dois doentes, um deles em cuidados intensivos.

"Estão ativas à data de hoje seis cadeias, sendo quatro na Terceira, uma no Faial e uma partilhada entre o Faial e o Pico. Até ao presente foram extintas 248", descreve-se no boletim.

Nas últimas 24 horas, foram registadas duas recuperações, ambas na ilha Terceira, no concelho de Angra do Heroísmo.

O arquipélago regista presentemente 155 casos positivos ativos: 140 em São Miguel, sete na Terceira, cinco no Faial e três no Pico.

Desde o início da pandemia foram diagnosticados nos Açores 9.062 casos positivos de covid-19, tendo recuperado da doença 8.683 pessoas.

Morreram 42, saíram do arquipélago 95 e 87 apresentaram prova de cura anterior.

Até quarta-feira, dia 29 de setembro, foram vacinadas nos Açores 173.125 pessoas com a primeira dose (73,2%) e 190.817 com a vacinação completa (80,7%), no âmbito do Plano Regional de Vacinação.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG