Limitação de contactos entre 2 e 9 de janeiro: teletrabalho obrigatório

O Conselho de Ministros reuniu-se esta quinta-feira e anunciou que passa a ser obrigatório o certificado digital para entrar em restaurantes, alojamentos, eventos e ginásios. Teste negativo passa a ser obrigatório para entrar em Portugal.

A obrigatoriedade de máscaras em espaços fechados e de testes negativos à covid-19 e certificado digital em recintos desportivos, bares, discotecas, grandes eventos e a implementação de uma semana de contenção de contactos entre 2 e 9 de janeiro de 2022 foram as principais medidas anunciadas esta quinta-feira por António Costa para mitigar o aumento de casos. Para tal, Portugal vai entrar em estado de calamidade a partir de 1 de dezembro.

Paralelamente, o certificado digital volta a ser obrigatório no acesso a restaurantes, estabelecimentos turísticos e alojamento local, assim como à entrada de ginásios e eventos com lugares marcados.

O acesso a lares, estabelecimentos de saúde e grandes eventos culturais ou desportivos passa a exigir a apresentação de teste de deteção do vírus SARS-CoV-2 com resultado negativo, mesmo para pessoas vacinadas contra a covid-19.

Consulte aqui o documento completo do Governo com as medidas

Na semana de contenção de contactos, no início do próximo ano, creches e escolas estarão encerradas, assim como bares e discotecas, enquanto o teletrabalho será obrigatório.

Em termos de controlo das fronteiras, o primeiro-ministro anunciou que será obrigatório o teste negativo em todos os voos que cheguem a Portugal, sendo que As companhias aéreas que transportem passageiros sem teste negativo à covid-19 incorrem em multas de 20 mil euros por pessoa.

Leia o minuto a minuto da conferência de imprensa

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG