A1 reaberta após capotamento de autocarro

Cinco dos feridos já voltaram a casa

A circulação rodoviária na autoestrada número 1 reabriu mais de três horas depois de um acidente entre duas viaturas ligeiras e um autocarro, provocando 23 feridos, na zona de Aveiras de Cima, informou a GNR.

Fonte do Comando Geral da Guarda Nacional Republicana (GNR) precisou à agência Lusa que a circulação se normalizou pelas 14.55 depois de ter estado muito condicionada devido ao acidente registado pelas 11:25 e que envolveu a equipa sénior feminina de andebol do clube Passos Manuel.

O clube de andebol informou que cinco das pessoas acidentadas já regressaram a casa, enquanto 14 seguiram para hospitais.

Segundo informação do clube, seis pessoas foram transportadas para o Hospital de Santarém, enquanto três deram entrada no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, e cinco seguiram para o Hospital de Vila Franca de Xira.

Pelas 15:05, a página da Internet da Autoridade Nacional da Proteção Civil já não incluía o acidente na categoria de ocorrência importante e registava 54 operacionais e 23 viaturas no local da colisão entre dois veículos ligeiros e o pesado de passageiros.

A mesma fonte indicou que do acidente resultaram 23 feridos.

O presidente do clube de andebol Passos Manuel, José Emídio, tinha referido anteriormente à agência Lusa que "aparentemente não há situações graves" entre os envolvidos no acidente.

A equipa sénior feminina do Passos Manuel partiu esta manhã de Lisboa, com destino ao Porto, onde iria competir com o Académico FC, num jogo da 1.ª divisão do campeonato nacional de andebol.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG