BE: PSD e CDS não querem conclusões da comissão de inquérito à Caixa

Catarina Martins, coordenadora do BE, diz que direita não quer que se saiba nada sobre a recapitalização do banco público

A Coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, afirmou hoje que o PSD e o CDS estão a "fazer tudo" para que a comissão de inquérito em curso sobre a recapitalização da GGD "não possa tirar conclusões".

"Há uma comissão de inquérito em curso ao processo que levou à necessidade de recapitalização da Caixa Geral de Depósitos e essa comissão de inquérito já teve duas audições que não ocorreram, por culpa do PSD e do CDS", disse Catarina Martins.

A líder do Bloco de Esquerda falava aos jornalistas em Estremoz, durante uma visita ao mercado da cidade, acompanhada pelo deputado do BE, Jorge Falcato.

Para Catarina Martins, "há matérias tão importantes como a recapitalização mal feita pelo anterior governo e a venda da [seguradora] Fidelidade aos chineses da Fosun, que acabaram por comprar a Fidelidade com o dinheiro da própria Fidelidade, que devem ser investigadas pela comissão de inquérito em curso e devem ter conclusões".

"Parece-nos que o PSD está a fazer tudo para que não haja conclusões dessa comissão de inquérito em curso, e isso o Bloco de Esquerda não permite".

Catarina Martins referiu ainda que, para o PSD e o CDS, "é mais interessante falar de sms de Centeno do que das responsabilidades que tiveram para que seja necessária agora a recapitalização pública da Caixa Geral de Depósitos".

"O Bloco de Esquerda intransigentemente quer tirar conclusões da comissão de inquérito sobre porque é que a Caixa Geral de Depósitos precisa de recapitalização e quer apurar todas as responsabilidades", adiantou a coordenadora bloquista.

Para Catarina Martins, o Bloco de Esquerda participa "sempre com muito empenho em todas as comissões de inquérito", mas "devem ter conclusões", considerou.

Uma nova comissão parlamentar de inquérito à Caixa Geral de Depósitos foi proposta na sexta-feira, pelo PSD e o CDS-PP, para "apreciar" a contratação, gestão e saída do anterior presidente do banco, António Domingues.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG