PSD defende Procuradora-Geral da República

PSD disse que confia na isenção da Justiça. Joana Marques Vidal esteve no Parlamento a discutir eleição dos membros para o Conselho Superior

O deputado do Partido Social Democrata, Carlos Amorim, garantiu esta quarta-feira à titular da investigação criminal que confia na "isenção, autonomia e profissionalismo dos magistrados do Ministério Público".

Na sessão da primeira Comissão de Assuntos Constitucionais, Liberdades e Garantias, o deputado sublinhou que confia na justiça: "acreditamos e confiamos no Ministério Público".

As declarações, proferidas na presença de Joana Marques Vidal, surgem depois da entrevista de José Sócrates, arguido na Operação Marquês por suspeitas de corrupção e lavagem de dinheiro, que acusou a PGR de ser a responsável por uma investigação que considerou não corresponder à realidade.

O ex-primeiro-ministro socialista disse ainda que esta investigação serviu para prejudicar o Partido Socialista.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG