Portugal no 'top' das preferências dos reformados dos EUA

Índice dos paraísos para reformados de uma revista norte-americana diz que não apenas se vive bem em Portugal com pouco dinheiro, como os cuidados de saúde são excelentes

O Índice Global sobre Reforma para 2018 da International Living - uma revista e site dos EUA que corre o mundo à procura dos lugares de sonho para viajar e viver no estrangeiro - classifica Portugal no 7.º lugar da lista de países paradisíacos onde os reformados americanos poderão passar os seus últimos anos.

Na publicação agora disponível diz-se que os reformados "acorrem a Portugal por causa do seu clima, comodidades e opções de residência". Afirmando que o nosso é o terceiro pais mais seguro do mundo, o índice explica que "não apenas os casais vivem confortavelmente com um orçamento de 1.500 dólares [cerca de 1.200 euros] por mês, como também têm acesso a excelentes cuidados de saúde".

À frente de Portugal ficam seis países que - à exceção da Malásia, que surge na 5.ª posição - são todos da América Latina. A Costa Rica é o destino líder aconselhado, seguindo-se o México, Panamá, Equador, a já referida Malásia, e a Colômbia.

Ir passar os anos após a reforma em regiões idílicas de países no estrangeiro é uma hábito cada vez mais na moda nos Estados Unidos. E pelas contas da International Living, há países - como Portugal, onde nem é preciso ser rico para se viver como um milionário na reforma.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG