Nova ameaça do Estado Islâmico a Portugal

Autoridades portuguesas estarão a analisar ameaça divulgada nos canais do grupo terrorista

O Estado Islâmico volta a incluir Portugal numa ameaça divulgada num dos seus canais de propaganda.

Segundo o Expresso, as autoridades portuguesas estão a analisar há dois dias a mensagem que menciona o país e também a Hungria: "Hoje Bruxelas e o seu aeroporto e amanhã pode ser Portugal e a Hungria." No entanto, não haverá "razões para alarmismos", mas a mensagem está a ser considerada como "válida".

Esta não é a primeira vez que o grupo terrorista ameaça Portugal. Em novembro, poucos dias depois dos atentados em Paris, o Estado Islâmico mencionou Roma e a Península Ibérica. Na altura, a Europa Press citou um especialista que considerou significativas estas ameaças, no primeiro caso por ser a cidade onde fica o Vaticano, símbolo do cristianismo, e no segundo por ser uma reivindicação histórica dos jihadistas.

Já este ano, um membro do Estado Islâmico salientou que "a Península Ibérica jamais será esquecida". "Al-Andalus tem paciência. Não eras espanhola nem portuguesa, mas sim muçulmana", afirmou o jihadista no vídeo.

Exclusivos