Ministra diz que não há problemas de segurança nas cadeias

Francisca van Dunem falava na primeira comissão dos assuntos constitucionais que decorreu à porta fechada

A ministra da Justiça recusou assumir que há problemas de segurança nas cadeias portuguesas. Francisca Van Dunem falava na primeira comissão de assuntos constitucionais, direitos, liberdades e garantias. Uma reunião feita a pedido do PSD e que acabou por ser à porta fechada, a pedido da titular da pasta da Justiça.

A ministra revelou que nos últimos quatro anos fugiram das cadeias 52 reclusos e que "essas situações foram adequadamente tratadas, não se tendo verificado nenhum problema de articulação, sendo que as capturas foram feitas em tempo útil", dizia a ministra à saída da sessão.

Já o PSD, pela voz de Fernando Negrão, disse que a ministra assumiu a falta de articulação entre os serviços prisionais, órgãos de polícia criminal e tribunais.

No passado mês de fevereiro, três reclusos evadiram-se da prisão de Caxias.

"A senhora ministra assumiu que houve falta de agilidade na comunicação entre os serviços prisionais e os tribunais e órgãos de polícia criminal", disse o deputado que avançou ainda não compreender "porque é que esta sessão foi feita à porta fechada".

Exclusivos