Situação em Faro acalmou. Inundações em duas casas

As autoridades interditaram na quinta-feira, por precaução, o acesso a zonas próximas do mar no Algarve, como a marginal de Quarteira, no concelho de Loulé, e a Praia de Faro.

A situação no distrito de Faro por causa do mau tempo acalmou durante a noite, com o Comando Distrital de Operações e Socorro a registar apenas duas inundações em casas e uma limpeza de via, por causa dos ventos.

Segundo o CDOS de Faro, as inundações foram registadas em habitações de Portimão e de Faro.

Um hotel na Praia de Faro foi evacuado, depois de uma onda ter levado a água do mar até ao interior do edifício.

As autoridades interditaram na quinta-feira, por precaução, o acesso a zonas próximas do mar no Algarve, como a marginal de Quarteira, no concelho de Loulé, e a Praia de Faro.

O acesso à Praia de Faro foi interditado ao final da manhã de quinta-feira, devido à previsão de galgamentos, assim como o acesso à marginal de Quarteira, medidas de precaução para fazer face à aproximação da hora da preia-mar (ponto máximo da maré), que se registou pelas 14:25.

Na tarde de quarta-feira, a zona da doca de Faro foi atingida por um pequeno tornado que destruiu uma esplanada, virou 12 barcos - a sua maioria na zona exterior da doca, na Ria Formosa, - causando também danos em dez viaturas.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG