Marcelo em "sintonia" com o governo quanto à prioridade do investimento

Presidente disse que existe um objetivo comum "que é aumentar o crescimento e, para isso, é preciso aumentar o investimento"

O Presidente da República considerou hoje que a conferência "Investimento em Portugal", da sua iniciativa, traduz uma consonância com o Governo quanto à prioridade do investimento, em que ambos estão empenhados e trabalham em conjunto.

"O senhor primeiro-ministro abriu essa conferência, o que mostra a sintonia entre o Presidente da República e o Governo quanto à prioridade do investimento", declarou Marcelo Rebelo de Sousa aos jornalistas, no final de uma visita ao Comando Aéreo, no Parque Florestal do Monsanto, em Lisboa.

Quanto aos oradores da conferência, que decorre hoje durante todo o dia na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, e será encerrada pelo Presidente da República ao final da tarde, Marcelo Rebelo de Sousa disse que foi a Gulbenkian quem "livremente" fez os convites, mas manifestou-se "muito feliz com a presença dessas personalidades".

Questionado especificamente sobre o convite a Teodora Cardoso, presidente do Conselho de Finanças Públicas, que recentemente esteve envolvida em polémica ao apelidar de "milagre" a redução do défice em 2016, respondeu: "A Fundação Calouste Gulbenkian, que organizou esta conferência, convidou uma série de personalidades e convidou livremente essas personalidades, consideradas como qualificadas, respeitáveis e importantes para o debate do tema".

"E eu estou muito feliz com a presença dessas personalidades, que são muito diversas e isso é bom. É sinal de que a pluralidade de pontos de vista enriquece o debate sobre a economia e as finanças em Portugal", acrescentou o chefe de Estado.

Segundo o Presidente da República, existe um objetivo comum, "que é aumentar o crescimento e, para isso, é preciso aumentar o investimento".

"O Governo está empenhado nisso, o Presidente da República está também muito empenhado nisso, várias personalidades estão empenhadas nisso. Então, trabalhamos em conjunto, e o trabalho em conjunto de alguma maneira já começou, mas está presente nesta iniciativa na Gulbenkian", afirmou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG