PS vai analisar o regresso das freguesias extintas

A reforma aprovada em 2013 levou à redução das 4.259 freguesias então existentes para 3.092

O Grupo Parlamentar do PS reúne-se hoje à noite, com a presença do ministro Adjunto, Eduardo Cabrita, tendo como tema central o debate marcado pelo PCP para quinta-feira sobre a reposição das freguesias extintas pelo anterior Governo.

Fonte da direção da bancada socialista disse à agência Lusa que esta reunião se realiza esta noite para "compatibilizar" as agendas do ministro-adjunto, mas também de deputados do PS, que na quinta-feira de manhã - a altura habitual das reuniões semanais do Grupo Parlamentar do PS - estarão presentes na cerimónia de entrega dos prémios "Norte/Sul" na Assembleia da República.

Na quinta-feira, no plenário da Assembleia da República, por marcação do PCP, estará em discussão um projeto da bancada comunista que pretende estabelecer um regime para a reposição de freguesias, eliminando, na prática, as fusões operadas na anterior legislatura.

Acompanhando este agendamento do PCP, a Assembleia da República também discutirá um diploma do Bloco de Esquerda para a provação um processo extraordinário de restauração de freguesias extintas" em 2013 pelo executivo PSD/CDS-PP e uma resolução do PS.

A resolução do PS recomenda ao Governo o reforço de competências das freguesias e a avaliação da reorganização territorial das freguesias.

Ou seja, nesta matéria, ao contrário do PCP, a bancada socialista adota uma posição mais cautelosa, recusando eliminar de forma automática todas as fusões de freguesias feitas em 2013.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG