Juízes querem mais segurança nos tribunais

Associação Sindical dos Juízes Portugueses (ASJP) vai enviar circular ao Ministério da Justiça para aumentar condições de segurança nas salas de audiências

A Associação Sindical dos Juízes Portugueses (ASJP) vai insistir com o Ministério da Justiça, liderado por Francisca Van Dunem, sobre a necessidade de aumentar a segurança nos tribunais "por recear que se esteja à espera que aconteça alguma desgraça para se tomarem medidas".

A presidente da ASJP, Maria José Costeira, já disse que vai ser enviada uma circular ao Ministério da Justiça a pedir mais segurança para os tribunais, um dia depois dos incidentes resultantes de falta de segurança nos tribunais de Aveiro e de Santa Maria da Feira.

Na segunda-feira, um arguido de um processo tentou agredir fisicamente outro no Tribunal de Aveiro, ao mesmo tempo que no Tribunal de Família e Menores de Santa Maria da Feira um pai a quem foi retirada uma filha para adoção tentou agredir o juiz, tendo sido impedido pelos advogados.

A questão da falta de segurança nos tribunais é recorrente e a juíza teme que "se esteja à espera que aconteça uma desgraça para finalmente se fazer alguma coisa".

Com Lusa

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG