Isaltino veio baralhar mais as contas do PSD em Oeiras

Líder da concelhia do PSD de Oeiras é o candidato do partido contra Paulo Vistas e o ex-presidente da autarquia.

O anúncio da candidatura de Isaltino Morais, como independente à Câmara Municipal de Oeiras, veio baralhar ainda mais as contas ao PSD na autarquia. O partido avança agora com o presidente da concelhia local, Ângelo Pereira, como cabeça de lista aquele município da linha de Cascais, depois de Paulo Vistas, atual presidente da Câmara, também ter decidido candidatar-se como independente.

A escolha de Ângelo Pereira foi aprovada por unanimidade na quinta-feira à noite, em reunião da concelhia do PSD de Oeiras e foi aprovada ontem à noite pela distrital. A distrital do PSD de Lisboa vai reunir na próxima quarta-feira para validar as candidaturas de Loures, Oeiras e Odivelas, as últimas que faltava para fechar o pacote autárquico.

Em declarações à Lusa, Ângelo Pereira referiu que a decisão "não foi nada fácil", mas resultou pelo "forte apelo" que tem vindo a receber dos munícipes.

O também vereador do PSD na Câmara de Oeiras, responsável por várias pastas, disse ainda que enfrentar o atual presidente da câmara Paulo Vistas e três ex-presidentes de câmara, Joaquim Raposo (PS), Isaltino Morais e Daniel Branco (CDU) - embora ainda nenhum dos três esteja oficialmente confirmado - será "desafio muito difícil".

"A qualidade dos candidatos em Oeiras é grande, mas, da minha parte, garanto uma competição saudável, uma candidatura pela positiva e só irei debater ideias e projetos, não irei debater pessoas", assumiu.

Depois de se ter falado de um apoio do PSD a Paulo Vistas e de ter sido o próprio a rejeitar, por fim, esse apoio, Ângelo Pereira rejeitou ser "candidato de recurso".

"Não me sinto nenhum candidato de recurso. Sinto-me o candidato mais desejado pelo PSD, sem dúvida", afirmou.

Ângelo Pereira é atualmente vereador do PSD na Câmara de Oeiras, com a tutela das pastas da "Modernização Administrativa e Qualidade", "Administração", "Trânsito e Transportes", "Turismo", "Juventude", "Emprego e Empreendedorismo", "Controlo das Intervenções dos Concessionários de Serviços Públicos", "Iluminação Pública" e "Licenciamentos Diversos e Smart Cities".

As eleições autárquicas estão agendadas para 1 de outubro e, em Oeiras, está já confirmada a recandidatura do atual presidente da câmara, Paulo Vistas (Independentes Oeiras Mais À Frente), e a candidatura de Pedro Perestrello pelo Partido Nacional Renovador.

Foi em entrevista à TSF que o ex-presidente da Câmara de Oeiras assumiu a candidatura à autarquia e foi bastante duro para com o adversário Paulo Vistas, que foi o seu braço direito da Câmara e que ganhou as eleições autárquicas de 2013 no Movimento Isaltino Oeiras Mais à Frente. Isaltino assegurou que a autarquia esteve parada durante o mandato de Vistas. Com a decisão de avançar, Isaltino é o terceiro candidato da área do PSD. Com Lusa

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG