Criança de 10 anos apanhada a conduzir com a mãe ao lado

A mãe da criança foi entretanto detida pela PSP

Uma mulher de 48 anos foi detida pela divisão policial de Loures, pelo crime de condução sem habilitação legal, ao permitir que o filho de dez anos conduzisse uma viatura, informou hoje o comando metropolitano de Lisboa da PSP.

Segundo a Polícia de Segurança Pública, a detenção ocorreu na passada sexta-feira, "após a verificação de que uma criança de dez anos estaria a conduzir uma viatura automóvel, com a progenitora sentada ao seu lado".

Uma nota do comando metropolitano adiantou que a mulher foi presente ao Tribunal Judicial de Torres Vedras, "tendo o processo baixado [a] inquérito para investigação".

A PSP acrescentou que "devido à exposição ao perigo" a que a criança foi exposta, o caso foi também comunicado à Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Torres Vedras.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Nuno Artur Silva

Notícias da frente da guerra

Passaram cem anos do fim da Primeira Guerra Mundial. Foi a data do Armistício assinado entre os Aliados e o Império Alemão e do cessar-fogo na Frente Ocidental. As hostilidades continuaram ainda em outras regiões. Duas décadas depois, começava a Segunda Guerra Mundial, "um conflito militar global (...) Marcado por um número significativo de ataques contra civis, incluindo o Holocausto e a única vez em que armas nucleares foram utilizadas em combate, foi o conflito mais letal da história da humanidade, resultando entre 50 e mais de 70 milhões de mortes" (Wikipédia).

Premium

nuno camarneiro

Uma aldeia no centro da cidade

Os vizinhos conhecem-se pelos nomes, cultivam hortas e jardins comunitários, trocam móveis a que já não dão uso, organizam almoços, jogos de futebol e até magustos, como aconteceu no sábado passado. Não estou a descrever uma aldeia do Minho ou da Beira Baixa, tampouco uma comunidade hippie perdida na serra da Lousã, tudo isto acontece em plena Lisboa, numa rua com escadinhas que pertence ao Bairro dos Anjos.