Empresa recruta internos para lugar de médicos especialistas

Grupo S24 diz que está a cumprir o pedido no caderno de encargos do concurso para cirurgia geral do Centro Hospitalar do Médio Tejo. Administração afirma que foi um erro

O Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) lançou um concurso para a contratação de médicos especialistas de cirurgia geral, mas no caderno de encargos diz aceitar jovens médicos em formação para os lugares. O que é uma violação das regras médicas. Sindicato e Ordem dos Médicos, que conheceram a situação através dos emails da empresa de prestação de serviços Grupo S24, classificam a contratação de internos para fazer o trabalho de especialistas de muito grave. Empresa afirma que só cumpriu o pedido no caderno de encargos. Já o centro hospitalar diz que se tratou de um erro que vai ser corrigido.

O email foi enviado pelo Grupo S24 a vários médicos. Anuncia um concurso público para contratar clínicos para cirurgia geral no CHMT, que inclui Abrantes, Tomar e Torres Novas, para a urgência, prestação de cuidados cirúrgicos, apoio ao internamento e atividade de bloco. E destaca: "São aceites internos de especialidade cirúrgicas (penúltimo e último ano)".

No caderno de encargos, a administração pede médicos para várias especialidades. Quanto à formação exigida, ao contrário do que acontece para medicina interna, cuidados intensivos, ortopedia e ginecologia/obstetrícia em que se pede experiência mínima entre os três e os cinco anos nas respetivas áreas, para cirurgia a exigência é menor: "Prática em cirurgia ou interno de especialidades cirúrgicas."

Leia mais pormenores no e-paper do DN ou na edição impressa

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG