Derrocada na praia da Ursa em Sintra faz um morto e um ferido muito graves

Zona é de difícil acesso e existe o risco de mais derrocadas

Os bombeiros de Almoçageme foram esta quinta-feira chamados por causa de uma derrocada na praia da Ursa, em Sintra. O alerta foi dado às 10h00.

De acordo com informações, ao DN, do 2º Comandante Hugo Santos, do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Lisboa, as vítimas estão em "estado grave" e apresentam perda de consciência. Uma das vítimas acabou por morrer.

O Comandante da Capitania de Cascais, em declarações à CMTV, revelou que os feridos são um homem e uma mulher, com cerca de 40 anos, de nacionalidade estrangeira - brasileira e alemã.

As equipas de emergência aguardam a chegada do meio aéreo que irá fazer o resgate das duas vítimas.

O local é de difícil acesso e existe o risco de mais derrocadas.

As vítimas estariam no areal quando foram atingidas.

No local estão uma equipa de resgate em grande ângulo dos Bombeiros Voluntários de Almoçageme e do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), para prestar assistência às vítimas.

Uma fonte oficial da Câmara de Sintra revelou que o Serviço Municipal de Proteção Civil também se deslocou ao local, de difícil acesso, e que os dois feridos são uma mulher de nacionalidade brasileira e um cidadão alemão, que "se encontram a ser assistidos a paragem cardiorrespiratória".

A Autoridade Marítima Nacional também se deslocou ao local e foi entretanto acionado um meio aéreo de resgate e salvamento da Força Aérea Portuguesa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG