Costa quer que PS continue "a ser maior partido autárquico"

Secretário-geral socialista apresentou-se como recandidato à liderança do partido. Duarte Cordeiro é o mandatário da candidatura

O líder socialista, António Costa, já entregou a sua candidatura a secretário-geral do PS, na sede do Largo do Rato. No final desse breve ato, o líder socialista explicou aos jornalistas que a sua moção "Cumprir a alternativa, consolidar a esperança" também "reafirma duas grandes batalhas" que os socialistas enfrentam no próximo ano e meio: primeiro as eleições regionais nos Açores, no próximo outono, e as autárquicas de 2017.

Com o mandatário da sua candidatura ao lado, Duarte Cordeiro, vereador em Lisboa, António Costa sublinhou que o PS quer "continuar a ser o maior partido autárquico", nomeadamente, mantendo as presidências da Associação Nacional de Municípios e da Associação de Freguesias.

A moção de Costa não aborda a eutanásia, como na moção anunciada da deputada socialista Maria Antónia Almeida Santos, mas o líder socialista reiterou as palavras da secretária-geral adjunta do PS, Ana Catarina Mendes, de que "não há temas tabu".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG