Centeno. Há um desvio de 3 mil milhões na CGD que vem do tempo do PSD

"Desvio enormíssimo" no plano de negócios da CGD ascende a três mil milhões de euros e foi herdado da gestão "negligente" do governo liderado pelo PSD

O governo liderado pelo PSD de Pedro Passos Coelho foi responsável por "um desvio no plano de negócios da Caixa Geral de Depósitos (CGD) superior a três mil milhões de euros", acusou o ministro das Finanças, numa audição parlamentar que decorre nesta quarta-feira. O governo anterior geriu o dossier Caixa de forma "negligente", chegou a dizer. O PSD repudia as declarações, diz que não há qualquer buraco.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG